terça-feira, 29 de julho de 2014

Hospital São Francisco adere ao Philips Tasy

Da Redação
CBrasil

O Hospital São Francisco e a Philips acabam de firmar grande parceria que proporcionará uma revolução tecnológica para o HSF e, sobretudo, para o dia a dia de funcionários e clientes. A adesão do Hospital ao Tasy, sistema de gestão em saúde, foi lançada na manhã desta terça-feira (29) e contou com a participação da Diretoria do Hospital, funcionários, gerentes e de representantes da empresa Vivere, que será a responsável pela implantação do sistema no HSF.


“Após um longo período de discussões, entendemos que é a hora de uma grande mudança. A escolha do Tasy aconteceu porque se trata de uma ferramenta completa e uma das mais bem sucedidas opções em sistema no mercado de saúde”, afirmou um dos membros da Diretoria, Saulo Hironori Yuge.

O Tasy
O Tasy é utilizado por quase 600 instituições no Brasil. Grandes hospitais, como o Sírio Libanês, em São Paulo, utilizam o sistema. Integração, confiabilidade, qualidade e segurança assistencial estão entre os benefícios do Tasy. Outro ganho é o prontuário eletrônico, que possibilitará o acesso rápido aos dados do cliente pelos profissionais de saúde. “O sistema Philips Tasy é uma excelente ferramenta de gestão, porque promove a integração de processos e aumento dos controles de qualidade. Trata-se de uma inovação tecnológica incrível, por meio da qual será possível, inclusive, o acesso a informações por meio de dispositivos móveis como tablets e smartphones.

O coordenador do projeto, Arley Silva, acredita que o Hospital reúne todas as condições para alcançar grande sucesso na implantação do Tasy, mas que isso somente será possível com o engajamento de todos. “Vocês são o sucesso deste projeto. O engajamento será fundamental para que alcancemos os resultados que almejamos”, disse. Giordano Almeida Coutinho, da Vivere, também acredita que a participação dos funcionários é essencial neste processo. “Contaremos com a colaboração incondicional de todos os funcionários, ressaltou Giordano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário